domingo, 6 de julho de 2014

Diário de Viagem- Exposição, Hoje tem Espetáculo

A Exposição Hoje tem Espetáculo, do Centro de Memória do Circo, esta na Galeria Olido, Av. São João, Centro de São Paulo.
BREVE HISTÓRIA, Hoje tem Espetáculo
"Hoje tem Espetáculo” convida o público a espiar pela cortina a fabulosa e espetacular aventura do circo no Brasil, ao longo de quase duzentos anos, desde a sua chegada, no raiar do século XIX, até os dias de hoje.

O circo brasileiro foi constituído por famílias circenses, vindas em sua maioria da Europa, que aqui se estabeleceram, e que quando começaram a viajar pelo país com seus circos de lona (que o povo deu o nome de Circo de Cavalinhos - expressão exclusiva do nosso idioma que atesta a importância do cavalo no espetáculo de então), foram incorporando artistas e culturas das regiões por onde passava, diluindo o caráter internacional do circo em criações locais.
 O processo de abrasileiramento do circo acabou por gerar um novo tipo de espetáculo circense, o Circo-Teatro, que apresenta circo na primeira parte e teatro na segunda. Mas o tempo do teatro, assim como aconteceu com o dos cavalinhos, passou. E o circo passou a ser então Circo de Variedades, em meados dos anos 1960, até que um novo conceito de circo, o Circo Escola, começou a ser difundido.
Essa é uma época em que muitas famílias tradicionais se afastaram definitivamente do circo, e os circenses, perplexos com a mudança dos tempos, e conscientes de que uma arte não sobrevive sem seguidores, passaram a apontar a necessidade de escolas de circo no Brasil.
E quando essas escolas se tornaram realidade, a partir de 1978, surgiram com elas outros conceitos de circo como Circo Novo e Circo Social. Todos esses e também outros circos estão presentes na exposição Hoje tem Espetáculo. No térreo, encontra-se o núcleo Artes do Circo, que tem como destaque as maquetes do mestre Maranhão.
Na sobreloja, o espaço está organizado em duas alas: Área de Convivência, destinada a eventos, palestras e debates e Área Expositiva, onde são apresentados os núcleos Destaques, homenagem a artistas que se sobressaíram no circo brasileiro, Linha do Tempo e Saberes do Circo – grande maquete mostrando os processos de arquitetura, cenário, gastronomia, transporte e artes gráficas do circo. Importante ressaltar que esta exposição é resultado de uma pesquisa que ainda está em andamento. O levantamento da história do circo no Brasil, respeitável público, apenas começou.


GALERIA OLIDO
A Galeria Olido é um centro cultural no Centro de São Paulo. Foi inaugurada em 2004, depois da restauração do antigo Cine Olido, luxuoso cinema paulistano que fechou no inicio do século XXI.
Depois da restauração, tornou-se um centro cultural com espaço para danças, teatro e cinema.
O Cine Olido fez parte da "época de ouro" dos cines da cidade. Inaugurado em 13 de dezembro de 1957 com o filme Tarde Demais para Esquecer, foi o primeiro cinema galeria de São Paulo. Tinha poltronas numeradas e uma orquestra que tocava antes dos filmes, sendo assim um cinema luxuoso. Devido a mudança dos grandes cinemas para os shopping centers acabou fechando no começo deste século, encerrando uma era de destaque dos cinemas do centro da capital paulista.

A VISITA.
A exposição permite o publico mergulhar no universo histórico circense. É possível fazer uma viagem no tempo, e relembrar os antigos nomes que fizeram a alegria de muita gente na infância.
Além disso, é possível conhecer toda trajetória de instalação e evolução do circo no Brasil, e em especial a sua importância na cidade de São Paulo.
É visto, que tantos nos dias atuais, como em alguns anos atrás, o Circo é tratado de uma forma lúdica, que visa entreter adultos e crianças, como fonte de fuga da agitação do dia a dia.
Sendo assim, é possível imaginar o porquê essas famílias conseguiram encantar gerações e mais gerações de pessoas, pois a forma cariosa que o publico tinha com o circo, garantia a sua perpetuação e a sua renovação.

Mergulhar nesse universo é voltar a ser criança e relembrar a importância dos palhaços, e de todo espetáculo, na nossa vida, e se questionar que as piadas e os gestos singelos desses profissionais, conseguiam mudar o dia.
Portanto, a exposição é incrível e consegue atrair a todos. Garanto que vários questionamentos e comparações vão surgir nesse ambiente, porem todos serão embalados pela magia do circo.
A Exposição está disponível a visitação de segunda a sexta, dás 10h ás 20h, e aos sábados, domingos e feriados, das 13h ás 20h, só não funciona na terça. É oferecida uma oficina de criação de sombrinhas de bala, tanto a oficina, como a exposição, possuem entrada franca.
Vamos ao Circo!


REFERENCIAS

WIKIPÉDIA. Galeria Olido. Disponível em <http://pt.wikipedia.org/wiki/Galeria_Olido> Acesso em: 6 de julho de 2014.

SÃO PAULO, Prefeitura de. Programação do Circo. Disponível em <http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade /secretarias/cultura/galeria_olido/circo/> Acesso em: 6 de julho de 2014.