Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

Profissionais do Turismo: A Noite de Natal

O fim do ano possui concepções diferenciadas para as pessoas, umas adoram o natal e outras já não gostam muito. Contudo, sem sombra de dúvidas, o natal, em especial, é marcado pela fraternidade das pessoas, pelo espírito humilde e hospitaleiro que renasce no finzinho do ano. Nesta data observa-se o reencontro de famílias, bem como os abraços calorosos ao se reencontrarem e os olhares incrédulos pela presença de seus entes queridos. As famílias abrem suas portas para as festividades e convidam a todos para partilharem de um único momento significativo e tão especial que é a noite de natal. Muitos passam o natal em casa, outros procuram passar a data em restaurantes, cruzeiros, hotéis e pousadas. Estes querem desfrutar da data sem se preocupar com o tempo que o peru vai ficar assando, com o arroz que está no fogo, com o parente que não trouxe a sobremesa, enfim, essas pessoas buscam esses lugares no intuito de aproveitar da noite de natal sem se preocupar com os preparativos.  É nas noit…

Afinal, para que estudar?

Já estou nos ultimos passos do segundo ano de faculdade de Turismo (em breve faço um post sobre este ano acadêmico e social), mas alguns pensamentos ainda rondam a minha cabeça. O fim de semestre nos deixa loucos, ficamos paranóicos, acreditamos que nada que fazemos está bom e que não será suficiente para alcançar a média para ser aprovado na disciplina. Mas ser aprovado por quê? Pra quem? Pra quando? Às vezes me pergunto qual o motivo de termos que estudar? Porque que quando estamos no ensino médio somos treinados feitos robôs para decorar fórmulas e conceitos que só vamos utilizar em poucos momentos da vida e, o maior deles é o tão temido VESTIBULAR. Na realidade interpreto o momento pré-faculdade como uma máfia de ganhar dinheiro, pois afinal, tem cursinho especifico de cada curso em um lugar, curso geral em outro, aulas extras na escola, livros e mais livros sobre como entrar na faculdade e sites inquietantes que roubam inúmeras horas do seu dia com vídeos e textos sobre como mandar …

Chuville (Joinville) e Chuvetes (Morretes) uma experiencia memorável

Recentemente tive o privilégio de conhecer Joinville/SC e Morretes/PR pela faculdade. Ambas são cidades lindíssimas, possuem casarões antigos, lindas avenidas e pessoas carismáticas de bem com a vida e, claro, pessoas bonitas. Joinville em especial é a maior cidade de Santa Catarina possui noites aos fins de semana movimentadas, festas, bares e etc, além de ter inúmeros atrativos mega interessantes. Já Morretes é uma cidadezinha pequena pertinho de Curitiba que só fica cheia quando o trem traz os turistas da capital, mas a cidade possui grande beleza arquitetônica bem como paisagística, levando os visitantes a mergulhar na historia e, é claro, o famoso e delicioso Barreado. Por mais que ambas tenham características diferentes elas se assemelham em uma coisa, ao nível de chuva. Com certeza, Chuville e Chuvetes ficaram marcados em minha memória pelas chuvas torrenciais intermináveis que não te deixam sair de casa. A chuva de lá assemelha-se ao das cidades do litoral paulista, Ubachuva, Ca…