Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

De Bairro do Jacareí a Joanópolis: visite essa estância turística

De Bairro de Jacareí a Joanópolis, a pequena Joia da Mantiqueira possui muitas histórias, mitos e lendas. Historiadores contam que as curvas que trazem até Joanópolis servem para proteger os viajantes dos mistérios que a cidade guarda. O Bairro do Jacareí foi por volta de 1740 ficou conhecido como um arraial de parada do Bandeirantes rumo as minas gerais. O pequeno bairro foi crescendo e os grandes fazendeiros decidem doar terrenos para a construção de uma capela em homenagem a São João Batista. Em 13 de março de 1891, através do Decreto-Lei Estadual nº 135, o povoado foi elevado a Distrito de Paz do município de Santo Antônio da Cachoeira (atual Piracaia) com o nome de São João do Curralinho. O nome São João do Curralinho vinha em homenagem ao santo padroeiro e pelo povoado ser rodeado de montanhas, a Serra da Mantiqueira, que fazia a alusão a um curral. Em 17 de agosto de 1895, através da Lei Estadual nº 348, foi elevada à categoria de vila com a denominação de São João do Curralinho,…
Postagens recentes

Sobre a premiação: Fórum Interacional de Turismo do Iguassu

O pesquisador Leonardo Giovane Moreira Gonçalves deu uma entrevista ao Festival Internacional de Turismo sobre a sua premiação em 1º lugar na categoria de Artigo Científico em 2018. Olha o que ele falou:

Quando entrei na UNESP em 2014 percebi que meus veteranos sempre estavam extremamente engajados em participar de um evento, o Fórum Internacional de Turismo do Iguassu. Em 2015, consegui participar pela primeira vez desse evento e pode ampliar meus horizontes sobre a vida científica e profissional no turismo. Assim como nas edições de 2015 e 2016, em 2018 fui ao Fórum com o intuito de compartilhar mais uma vez os resultados da minha pesquisa e, como já havia participado de outras edições, não esperava ganhar o prêmio por saber da qualidade dos trabalhos que são apresentados anualmente no evento. Mas, a esperança nunca me deixou! Sentado na plateia durante a cerimônia de premiação eu ficava pensando e sonhando se algum dia estaria entre os 10 melhores trabalhos. Ao ouvir o título do meu …

Precisamos nos permitir ter Lazer

A sociedade líquida, pós revolução industrial e tecnológica vivencia a expressão mais plena do capitalismo, a globalização. Na atualidade tudo é acessado de maneira fácil, rápido e simbólica. O tempo livre ganhou espaço quando durante a Primeira Revolução Industrial discutiu-se a necessidade de horas livres frente as jornadas monótonas e cansativas de trabalho. Mas, as atividades de lazer ainda não se faz presente na sociedade contemporânea. O tempo livre, raramente se transforma em ócio criativo (lazer), pois devido aos afazeres domésticos, tempo de deslocamentos, estudos, compras, relacionamentos, filhos e outros fatores, a sociedade não encontra tempo para ter tempo. Além disso, o mercado capitalista atual impõe que há qualquer momento necessitamos ser produtivos. Ou seja, não podemos nos permitir a ter lazer, a viajar, ficar em casa de pernas para o ar, gastar tempo vendo uma boa série; Enfim, sempre temos que estar fazendo algo que não nos faça sentir que o dia passou em branco. O …

Descolonizar conceitos: a imagem do Brasil no exterior

O Brasil é conhecido pelo destino paraíso: repleto de animais, sol, praia, lindas mulheres, paisagens exuberantes, cachoeiras e outros elementos fisiológicos e naturais. Mas, tal representação não é advinda somente da imagem vendida pela Embratur mundo afora.  Historicamente o Brasil foi representado, desde 1500, como a terra dos prazeres, da liberdade, da riqueza natural e dos encantos. Tais concepções foram expostas em cartas, como as de Pero Vaz de Caminha, no mapa Cantino, em pinturas e por meio da oralidade.  Essas concepções foram levadas e disseminadas no velho mundo e aguçou a imaginação de quem por ali vivia. Ademais, ao longo dos séculos, essa concepção pouco se alterou, pois o estranhísmo vivenciado pelos "descobridores" se perpetuou por gerações.  O uso dos recursos naturais, a vida harmoniosa com a natureza e os traços culturais dos indígenas vivenciados pelos portugueses quando aportaram, são elementos que configuram a imagem do Brasil no exterior há mais de 500 a…

Os Circuitos Turísticos e sua contribuição para o Turismo

A atividade turística é dinâmica e se altera conforme muitos fatores, entre esses: novas tendências, flutuações econômicas, tecnologias, crises e etc. Dado a dinamicidade deste campo, o planejamento é algo imprescindível. Um exemplo do impacto da falta de planejamento no turismo pode ser visto no recém conceito de “turismofobia” utilizado em países como Itália e Espanha. O turismo desorganizado, massivo, sazonal e irresponsável deixa suas marcas nas populações, no meio ambiente e na economia. Portanto, planejar o turismo pensando em todos os atores atingidos: comunidade local, iniciativa privada e poder público é, algo de suma importância para a plena gestão e operação do turismo. Tal modelo de planejamento, o planejamento participativo, é adotado por inúmeros circuitos turísticos em todo o Brasil. Como é o caso do Circuito Entre Serras e Águas que contempla treze munícipios. Os municípios presentes no Circuito realizam mensalmente reuniões para discutir ações que podem ser realizadas c…

Qual o preço do sucesso?

Nos últimos dias venho me questionando sobre questões existenciais (quando não). Mas, qual seria o preço do Sucesso? Ao terminar a graduação em turismo recentemente, vi um ciclo de 5 anos se romper de uma única vez. Vi amigos indo embora, professores se despedindo, a faculdade vazia e, assim, também meu coração. Terminar a graduação é uma fase que nos deixa refletindo sobre aquilo que somos, aquilo que queremos ser e, aquilo que estar ao nosso alcance de ser. Mas talvez, o preço deste sucesso, nesta sociedade capitalista voraz, seja sim o sacrifício. Sacrificar o comodismo, os amigos, os familiares, as instituições e os sentimentos, para assim, ir em busca daquilo que realmente queremos. Nunca saberemos ao certo se o caminho que estamos traçado nos dará sucesso no futuro, mas desde já pagamos seu ônus. Despedidas e iniciar novos ciclos são extremamente cansativos e desestimulantes no início, mas após nosso tempo de adaptação ao novo espaço, tudo se encaixa, se ajeita e se desenvolve. No …

Quem é Marcelo Álvaro Antônio? O novo Ministro do Turismo

Nos últimos meses o trade do turismo havia recebido a notícia da provável criação de um superministério, sendo congregado os ministérios de Cidades, Integração Nacional e Turismo. Mas no último dia 28 de novembro, o futuro chefe da Casa Cívil, anunciou que o deputado Marcelo Álvaro Antônio seria o responsável pelo Ministério do Turismo. Mas quem é Marcelo Antônio? Em linhas gerais o deputado tem 44 anos, é da bancada evangélica e foi o deputado mais votado em Minas Gerais. Marcelo que foi nascido em Belo Horizonte, foi eleito deputado pela primeira vez em 2014 e é filiado ao PSL, partido político de Bolsonaro. (G1, 2018) No ano passado o deputado votou a favor do prosseguimento da denúncia conta Michel Temer e, em 2016 votou a favor do impeachment de Dilma Rousseff. O deputado também foi favorável à cassação do Deputado Eduardo Cunha, foi contrário à reforma trabalhista e, contrário a criação de fundo partidário de campanhas de 3,6 bilhões. Além disso, Marcelo tem como princípios o combat…