Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2014

Revolução Constitucionalista 1932- Turismo Rural

Na divisa do Estado de São Paulo com o sul de Minas Gerais se situa a Joia da Mantiqueira, mas conhecida como a Estância Turística de Joanópolis ou Terra do Lobisomem.  Uma cidade com um potencial turístico notável, bem como o turismo cultural, histórico, religioso, ecológico, aventura, rural e muitos outros. No eixo do turismo histórico/cultural o município já foi palco de grandes acontecimentos históricos, bem como a visita dos bandeirantes na marcha para Minas Gerais, à expansão cafeeira e a revolução constitucionalista de 1932. Em síntese a Revolução Constitucionalista foi à reação da elite paulistana ao governo de Getúlio Vargas. Após o golpe de estado de 1930 aumenta muito a insatisfação dos paulistas, por Vargas aumentou o poder e elegeu interventores para cada estado. Dessa forma os paulistas esperavam as eleições há dois anos, mas elas não ocorreram e o governo provisório se mantinha. Vargas não atendia as manifestações da elite paulistana, bem como dos estudantes, comerciantes …

Invasão Cultural

A sociedade atual é marcada pelo desenvolvimento tecnológico assimétrico, dado pelas inúmeras invenções e os aprimoramentos do âmbito técnico/cientifico, que por sua vez obriga a população a se adequar aos novos padrões de vida e de conhecimento. Neste percurso de transformações vividas pela população alguns hábitos são obrigados a se transformar ou simplesmente deixar de existir. Um exemplo desses hábitos, ou melhor, desses costumes e valores que são atingidos, são os traços culturais de um determinado grupo de pessoas. O desenvolvimento oprime os traços culturais tradicionais com o pretexto de levar o desenvolvimento, reinventar e aperfeiçoar os modos de vida. De certa forma é visível que essa opressão e degradação não são diagnosticadas no primeiro instante, mas ela pode ser aferida ao longo de muitos anos. O fato é que o progresso gera novas formas de emprego, ditando novos produtos, propõem padrões sociais em todos os âmbitos e, em especial, utiliza os meios de comunicação como form…

O que fazer depois que acabar a faculdade? Bacharel em Turismo

Após os três, quatro ou cinco anos de faculdade é natural que muitos ainda se perguntem o que vão fazer depois da faculdade, essa pergunta não é privilégio apenas dos futuros turismólogos, muitos e muitos outros futuros profissionais se fazem o mesmo questionamento. Mas falando dos futuros turismólogos, ao longo do curso a grade oferece uma serie de conhecimentos multidisciplinares que possuem o intuito de capacitar o profissional para os diversos meios de atuação do turismólogo. Mas a problemática se insere neste contexto. Algumas profissões como, por exemplo, licenciatura em Matemática, ou você ministra aulas ou vira pesquisador, são apenas duas opções (ou mais), de certa forma fica mais fácil de decidir, assim como biomedicina, ou você trabalha em um laboratório de analises clinicas, ou se torna professor ou se torna pesquisador. Já no turismo a realidade é inversa, em síntese temos os seguintes campos de atuação, cruzeiros, agencias de viagens, docente, poder publico, eventos, hotela…