sábado, 7 de março de 2015

Parque do Japão- Maringá/PR

Em uma visita Técnica do curso de Bacharel em Turismo da Universidade Estadual Paulista- UNESP, Campus de Rosana, tivemos o privilégio de conhecer as instalações do Parque do Japão.
Situado no Município de Maringá, no estado do Paraná, o Parque do Japão é um local encantador e muito receptivo. Segundo o site Oficial do Parque, a sua criação inicia-se com “O projeto do Parque do Japão Memorial Imin 100 - surgiu em 2006 com a finalidade de homenagear todos os imigrantes que se estabeleceram em Maringá, em especial os japoneses que, no ano de 2008 completou 100 anos de Brasil.” [...]
O local é singular, não é possível encontrar no Brasil algum outro espaço com as mesmas características. Segundo o guia do Parque parte da Flora foi trazida do Japão, bem como os matérias de construção das instalações e em especial todas as mais de 100 carpas do Parque.
Para ele o ato de trazer essas inúmeras coisas diretamente do Japão esta associada ao fato de que assim se traz um pedaço do país de origem de muitos imigrantes para o coração de Maringá/PR. Além disso, coisas com a finalidade de construção, não podem ser encontradas no Brasil e, o local buscou seguir as características das construções japonesas.
O parque foi todo embasado no projeto feito por arquitetos e engenheiros do Japão, que por sua fez projetaram uma maquete, a qual está em exposição nas dependências do parque.
Devido a geografia da região, o parque possui inúmeros pontos de vista e quando visto de um local diferente apresenta novas configurações, o que podemos dizer que é um paraíso para os fotógrafos que procuram ângulos diferentes.
O local é bem arborizado com arvores típicas, além de possuir lagos com carpas, pontos de descanso, uma casa de chá, um centro de eventos, e um restaurante, além disso, há inúmeras vagas para carros e ônibus.
O curador do Parque explica que a Casa de Chá recebe em ocasiões especiais pessoas especializadas em servir o chá, igualmente como é servido no Japão.
A organização do parque, ou seja a parte estética, é feita pela própria população maringaense, que em datas marcadas vão ao Parque e realizam a limpeza da grama, plantio de mudas e outras alterações.
A gastronomia do Parque também é algo encantador, a cozinha está excelentemente projetada para captar os mais diversos tipos de eventos e satisfazer ate os paladares mais exigentes.
O Parque possui entrada franca, está aberto todos os dias da semana e é uma ótima opção para quem deseja se encontrar com a natureza, desfrutando de uma linda paisagem, ar puro e tranquilidade. Ideal para levar a família, amigos e excursões.