sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Peso do Amor- Ponte dos Cadeados em Paris

Ponte das Artes- Foto Retirada da Internet
O local mais visitado pelos amantes, Paris na França, corre o risco de ceder a qualquer momento.
No dia 8 de junho de 2014, domingo, parte do alambrado da ponte das Artes (Pont dês Arts) caiu, cerca de 2, 40 metros. Ela teve que ser evacuada e só foi reaberta na segunda-feira (9).
Para os amantes que visitam Paris a ponte é um local indispensável, eles colocam seus nomes em um cadeado e prendem no corrimão e na grade da ponte, logo após jogam a chave no Rio Sena, esses cadeados são conhecidos como “cadeados do amor”.
A ponte está localizada em uma das regiões mais bonitas de Paris, ela atravessa o rio Sena junto ao Louvre e oferece uma vista privilegiada da cidade.
O ato de amor é belíssimo, porem está sendo muito prejudicial para as condições estruturais da ponte, que já não suporta mais os milhares de cadeados presos nos seus mais de 150 metros de comprimento.
Ponte das Artes sem os Cadeados- Foto retirada da Internet
Segundo Globo (2014), os cadeados começaram a chegar à ponte em 2008, tendo estado limitado em 2010.
Contudo a moda dos cadeados se espalhou por toda cidade. Atualmente pode ser visualizados cadeados em diversas pontes e, até a Torre Eiffel foi vitima do ato de amor.
A população encontra-se indignada com o grande numero de cadeados na ponte das Artes. Segundo elas os cadeados geram uma poluição visual e oferece certo perigo para aqueles que trafegam na ponte diariamente.
Foto Retirada da Internet
É visto que ritual já consolidado na cidade dos Amantes, porem tal ato está ocasionando sérios problemas. Cabe aos turistas uma conscientização do impacto do seu gesto de amor no ambiente.
A reportagem é de Junho e, estamos em Agosto, mas ainda o ato de amor acontece e logo, logo a festa pode acabar.
Lembrando que esses atos já podem ser vistos no Brasil, em pequena quantidade, mas já é algo considerável.
REFERÊNCIAS
VEJA. “Cadeados do Amor” fazem grade de ponte ceder em Paris. Disponível em <http://veja.abril.com.br/noticia/internacional/cadeados-do-amor-fazem-grade-de-ponte-ceder-em-paris> Acesso em: 15 de agosto de 2014.

GLOBO. Parte da ponte de cadeados do amor colapsou. Disponível em <http://www.dn.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=3961948&seccao=Europa> Acesso em: 15 agosto de 2014.
Acompanhe a Matéria do Estadão