quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Barcelona: andando com locais (Parte 1)

Parque Guell
  Sem sombras de dúvidas, é fácil dizer que há cidades e cidades na Europa; e Barcelona é A cidade!
A belíssima capital da Catalunha, Barcelona, que é também terra de Gaudí, Miró, Botero e tantos outros famosos nomes que viveram e passaram por lá é, por supuesto, uma das melhores cidades que conheci na Europa!
Saímos de Paris com destino a Barcelona no dia 22 de dezembro, nosso objetivo foi passar o Natal por lá.
Em um voo bem apertadinho, da Ryanair, diga-se de passagem, muito barato, desembarcamos em El Prat Aeropuerto. Como tínhamos uma amiga lá, a tão amorosa Bia, ficamos mais tranquilos quanto a roteiro e coisas para se ver.
Torres de Cristina 
Ao chegar nossa anfitriã nos esperava no desembarque e já começava a nos contar tudo que faríamos e para onde iríamos. Para sair do Aeroporto com o destino a cidade de Barcelona, tem vários caminhos, más o mais barato é pegar um Trem, o conhecido R2N (Norte), quem com um passe de metro você desembarca na cidade.
Super recomento comprar o cartão T10 em Barcelona, pois você tem direito a 10 viagens e pode usar com seus amigos!
Chegamos ao centro e fomos direto ao nosso Airbnb, super bem localizado na Plaza España, que é um super point da cidade.  Já sobre o Airbnb tenho muito que falar (há muito mesmo), mas isso é assunto para outro post.
Chegamos ao Airbnb, deixamos nossas coisas e fomos ao mercado. Logo depois começamos a “turistar”. Mas nada muito longe, pelas redondezas mesmo.
Fomos a Praça Espanha, vimos as Torres de Cristina, o Museu Nacional, O Parque Olímpico, O Museu do Povo Espanhol e mais outros atrativos que estavam no caminho.
Começamos a amar o local desde o primeiro momento, desde que desembarcamos no aeroporto, basicamente por três motivos. O primeiro o clima é mais quente (mesmo no inverno), segundo os atrativos são belíssimos e terceiro, mas não menos importantes, as pessoas são cordeais e mais calorosas.
Já nos outros dias fomos aos outros atrativos importantes da cidade, bem como as Ramblas, Plaza Catalunja, a catedral de Barcelona, ao Porto, a praia da Barceloneta e em outros atrativos.
Eu e a querida Bia! 
Tudo muito lindo, muito belo, bem como as obras arquitetônicas de Gaudí, a cidade viva, a facilidade de locomoção, enfim, tudo perfeito.
Penso que Barcelona foi uma das cidades que mais desfrutamos, uma pelo fato da nossa Anfitriã, ser afiadíssima nas historias da Capital da Catalunha e outro pelo fato da cidade ter muito a nos falar.
Por isso, super recomendo, Andem com os Locais! Vocês vão amar suas historias e viajar ainda mais em cada singelo atrativo turístico, e o melhor, até aquilo que não é atrativo se transforma em atrativo pelo simples olhar e explicação de um local.
Bia transformou essa viagem a Barcelona ainda mais inesquecível por conta de seus apontamentos. E foram 4 dias muito bem aproveitados, mesmo Bia nos deixando na véspera de Natal, foi possível aprender muito com ela, por isso nosso singelo: Obrigado! Grácias! Thank you!
Andar com locais é entender como a cidade funciona, quais são seus pontos negativos e positivos, é obter um novo olhar, criar senso crítico, viajar nas historias, conhecer pessoas e fazer o verdadeiro turismo do conhecimento (sustentável e multicultural).
Parque Guell
O que mais sobre Barcelona? Bom, foram tantas experiências que um post não é suficiente para demonstrar o quão significativa essa cidade foi.
Assim, essa será a Parte 1, de Barcelona, esperem que vêm mais por ai, não contem da missa a metade :) See you soon