segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Turismo Adaptado- Por Alexandre Quintino

Imagens Retiradas da Internet
  Cerca de 24 % da população de todo o Pais tem algum tipo de deficiência aproximadamente 46 milhões de brasileiros seja ela física,auditiva,visual ou deficiência sensoriais ,mental ou intelectual ,paralisia cerebral ,síndrome de Down e múltipla. Dessa forma dez por cento da população mundial tem um tipo de deficiência fazendo com que 80% viva em pais em desenvolvimento que é o caso do nosso Brasil.
      Pensando nesse ponto de vista vem se perguntando por que o turismo adaptado cresce a cada dia? Já que é um tema tem se falado muito no mercado nacional e internacional fazendo com que acabe de vez com esse preconceito que não se leva a nada, pois todos tem o direito de ir e vim independente da deficiência afinal estão fazendo turismo do mesmo jeito ou ate mais dependendo do destino escolhido, esse seguimento vem tomando espaço de uma maneira muito positiva fazendo o que as empresa pense no assunto e fale da melhor formas pois estão vendendo produtos turísticos .
Imagens Retiradas da Inter


      O país vem se desenvolvendo no turismo crescentemente chegando 9,5 por cento da economia global, cerca de 500 bilhões de reais e nos faz estar na sexta posição mundial, com todos esses avanços o turismo adaptado mostra que somo sim o país da diversidade cultural e não temos só as belezas naturais, mas também uma cultura cheia de valores e de vários povos que cada região leva suas historia, costumes, crenças, gastronomia e o nosso carnaval insubstituível que dentro de um continente chamado America do Sul podemos ver vários ritmos de carnaval seja ele samba, axé ate mesmo o carnaval cultural de um estado tornado o nosso continente referencia dentro e fora do país.
     

     E o turismos de aventura adaptado com sua grande procura e estar ao lado da natureza e fazer esporte e essencial na vida de todos pensando dessa maneira a varias modalidade de turismo de aventura (escalar paredes, pular de paraquedas, trilhas para deficientes visuais na chapada dos Guimarães no Mato Grosso) dicas de passagem a cidade Socorro no interior paulista onde tem catorze atividades de aventura totalmente adaptado como as pontes de madeiras entre as copas das arvores, tirolesa, passeios em carros adaptados entre outras modalidades, vale lembra que esse setor é de uma importância grande, gerando empregos diretos e indiretos e levando o turismo adaptado, além disso, tornado o prazer de viajar e a liberdade estar dentro de todos e explora como qualidade de vida se aventurando junto da natureza que da o equilíbrio que todos precisam para sermos mais humanos e mostrar que a deficiência e se adequá, mesmo assim não é impossível que a busca da felicidade dependa de cada um, sem duvidadas a acessibilidade e a inclusão social faz parte de todos para viver no país justo e acessível.
Imagem Retirada da Internet


          O Brasil tem a junção das leis de acessibilidades seja no federal, estadual e municipal, pesando nesse ponto de vista é necessário mudar essa realidade das pessoas e ver e não se comover, mas sim ter atitudes e pensando no bem de todos. Encontramo-nos no século vinte e um no qual o mundo digital permite que possamos navegar por onde sentirmos vontade, mas precisamos ter solidariedade e pensar no outro, precisamos saber que de fato que não somos únicos pais, cheio de satisfação e a alegria nesse sentido a deficiência e o turismos adaptado, como exemplo, é tratado em uma mesma sintonia, nesse sentido se entende que podemos e queremos fazer o diferencial só depende de cada um.

Sobre o Autor
Alexandre Quintino
Nasci em Arapiraca/AL ,cursei o ensino médio no colégio santíssimo senhor, sou Bacharel em Turismo pela Faculdade de Ensino Regional Alternativa FERA, onde realizei o trabalho de conclusão de curso como o tema TURISMO SEM EXCLUSÃO UMA PROPOSTA DE INCLUSÃO DE DEFICIENTES COM AS PRATICAS TURÍSTICAS .
Atualmente faço pós em Recursos Humanos e também um curso de eventos que me identifico muito nessa área de eventos onde pretendo atuar e dedicar minha vida profissional, como em outros segmentos do turismo. O turismo adaptado e acessível para todos, cultural e ecoturismo.
Ler nos faz viajar, mas é fundamental para a mente. Portanto pratique esse dom que transforma as pessoas

Contato: alexandre.aqs@hotmail.com